#21

21 apokalopsia

O amor é um imprevisto. E você foi uma pedra no caminho. Do mesmo quilate que eu coloquei no seu dedo aquele dia. E que dia. Você foi uma pedra na janela. Que bateu, fez barulho e trincou o vidro, e eu passei a ver lá fora sob umas três formas diferentes. Você é uma pedra no sapato. Pra toda vez que eu resolver pisar mais fundo, fazer doer esse meu pé no chão. Pra lembrar que se eu correr, vou acabar deixando algum imprevisto passar despercebido.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s